HIGHDESIGNEXPO is part of the Global Exhibitions Division of Informa PLC

This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 3099067.

POR
ENG
BLOG
DESIGNERS BRASILEIROS - FLAVIO BORSATO E MAURÍCIO LAMOSA DO ESTUDIOBOLA

 

A linha mexerica foi lançada pelo estudiobola na High Design Expo 2016

 

DESIGNERS BRASILEIROS - POR HIGH DESIGN EXPO

Flavio Borsato e Maurício Lamosa do estudiobola


Flavio Borsato e Maurício Lamosa foram colegas da faculdade de arquitetura na Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo. Ambos tiveram carreiras distintas até a criação do estudiobola no ano 2000.

Maurício se dedicava a trabalhos em escritórios de arquitetura e design gráfico enquanto Flavio trabalhava no comércio de móveis, negócio da família desde sempre.

As três áreas (arquitetura/design gráfico/comércio) se tornaram a espinha dorsal do trabalho da dupla até hoje: o design gráfico é a base do estudiobola. O branding, desenvolvido internamente, é a forma como a empresa se comunica visualmente; e o comércio é a canalização de toda essa criação que desenvolvem.

Conversamos com Maurício Lamosa para saber um pouco sobre a história por trás do estudiobola, marca expositora da High Design Expo, e o processo de produção das peças. Segundo Lamosa, a arquitetura lhes ensinou a engrenagem de pensamento onde podem assumir desde os desenhos de um edifício até uma cadeira.

COMO O ESTUDIOBOLA FOI CRIADO?

Tudo começa com a vontade inicial de mudar o foco do serviço para o produto. Largar a arquitetura e toda a sua magia e importância e ingressar no desenvolvimento de produtos foi a decisão mais difícil.

A arquitetura é um ofício similar ao do alfaiate, personalizado, e deve ser muito valorizado pela atenção destinada ao projeto individualmente. A cada novo trabalho de arquitetura tudo deve ser repensado e pouca coisa se aproveita de projetos anteriores, além do investimento ser altíssimo.

Enxergamos isso como um desperdício intelectual e com o produto industrial essa experiência se acumula, pois ele continua no mercado sendo consumido.

Desde então iniciamos nossa carreira criando produtos e aumentando a empresa.

Começamos no ano 2000 utilizando um apartamento em São Bernardo do Campo/SP como escritório e chegamos até aqui, com 15 funcionários e uma centena de empregos indiretos que sobrevivem do nosso faturamento.

Claro que o percurso foi e está sendo muito duro, como qualquer empreendimento neste país, demorando para ver resultados financeiros concretos. A escolha da carreira foi mais simples, pois vimos uma lacuna em desenho autoral de mobiliário no Brasil, que ainda importava muito nesse segmento.

COMO FUNCIONA O PROCESSO DE CRIAÇÃO DAS PEÇAS PARA VOCÊS?

O processo é muito longo e político.

Antes do desenho ser discutido ele é criado porque tornou-se necessário após nossa análise de mercado. Temos reuniões de briefing em conjunto com a área comercial para definir os caminhos de desenho que trabalharemos. Com o desenho aprovado por todos aqui no estudiobola, começa o processo político de aprovação com o fornecedor/fabricante.

Nem tudo o que queremos que seja lançado a fábrica pode fazer, tem interesse em produzir ou vai cobrar muito caro para isso. Política com fábricas e revendas é um aspecto desconhecido da profissão e extremamente importante, pois afeta claramente o valor final do produto e seu sucesso.

Com o produto executado iniciam-se os trabalhos de promoção e distribuição comercial da criação, quem vai vender e como vai vender. Algumas vezes, mais de uma revenda tem interesse em trabalhar conosco e temos que negociar a comercialização/representação. Em outros momentos ninguém se interessa por vender aquela peça na praça, então temos que viajar e descobrir outros parceiros.

Enfim, a criação está muito vinculada ao mercado, indústria e estilo do escritório, que deve ser preservado demonstrando unidade e forma de pensamento.

O QUE OS INSPIRA?

A vida nos inspira.

Arquitetura, moda, automobilismo, joalheria, administração, comércio, etc.

A inspiração vem na maioria das vezes de ambientes externos ao nosso meio, e preferimos dessa forma. Temos admiração por marcas e suas histórias, como constroem um legado, se estruturam e se comunicam com seus clientes.

Gostamos de estudar engrenagens complexas que criam e movimentam mercados, e o designer é apenas uma parte desse processo.

08-10

AGO

2017

São Paulo Expo Exhibition & Convention Center

Rod. dos Imigrantes, Km 1,5 
São Paulo – SP

MAPA DO SITE   CONTATO